Em Busca da Verdade...
Capítulo 7

Fim do Planeta Terra

Capítulos

0- Introdução

1-Antes da Criação do Mundo

2- Período da Criação

3-Classificação dos anjos em relação aos povos da Terra

4-O Primeiro plano cristão - de Adão a Jesus (Dividido em 10 partes) leia as partes abaixo:

4.1-Adão o profeta

4.2- Adão a Noé

4.3- Primeiro pacto: Deus e Noé

4.4- Segundo pacto: Deus e Abrão

4.5-Terceiro pacto: Deus e Moises

4.6- Quarto pacto: Deus e Davi

4.7- Meios de comunicação

4.8- Análise do Profeta Isaias

4.9- Análise do Profeta Jeremias

4.10- Analise do Profeta Zacarias

5-O Segundo Plano Cristão- O Messias - apartir de Jesus (em 11 partes)

5.1- Jesus, o primeiro a ressuscitar dos mortos

5.2- Significado especial da palavra Vida e Morte

5.3- Cada um é responsável por seus atos

5.4- Os deveres dos servos Cristãos

5.5-Advertência às Igrejas Cristãs

5.6- Advertência aos Cristãos, para com o mundo espiritual

5.7- Relacionamento dos dois Adãos

5.8- Melquisedeque uma simples figura de Cristo

5.9- Jesus dá o relacionamento da família comforme quer

5.10- Classificação dos espíritos através do nascimento

5.11 Predições da vinda de Cristo nos últimos tempos

6-Juizo Final

7- Fim do Planeta Terra

 

 

 

Este último capítulo é um tanto desolador para os habitantes deste planeta, com as previsões unânimes de que ele chegará à um fim.  Fica-se a imaginar de que forma lógica isso poderia acontecer sem que o equilíbrio do resto do Universo ou do nosso sistema  não sofra maiores abalos. Da forma como todos os profetas e apóstolos descreveram esta catástrofe, a terra sairá de sua órbita e estará cambaleante.  O céu se apagará e como um livro, se fechará fundindo-se com grande calor.      Pode-se imaginar que um grande cometa com tamanho e calor muito superior ao do sol, passará próximo à terra, onde o seu magnetismo a atrairá com maior força que a do próprio Sol exerce sobre a mesma.   Dirigir- se –á, então, para o buraco negro já visualizado pelos nossos cientistas, não ficando difícil imaginar como será o fim do nosso planeta terra.

 

 


Descrição dos Profetas no antigo Testamento

 

Isaias - Cap. 34 - Vers.  4  a  5

 

4  E todo o exército dos céus se gastará, e os céus se enrolarão como um livro, e todo o seu exército cairá como cai a folha da vide e como cai o figo da figueira.

5  Porque a minha espada se embriagou nos céus; eis que sobre Edom descerá e sobre o povo do meu anátema, para exercer juízo.

 

Joel - Cap. 2 - Vers. 28  a  32

 

28  E há de ser que, depois, derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.

29  E também sobre os servos e sobre as servas, naqueles dias, derramarei o meu Espírito.

30  E mostrarei prodígios no céu e na terra, sangue, e fogo, e colunas de fumaça.

31  O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR.

32  E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como o SENHOR tem dito, e nos restantes que o SENHOR chamar.

 

Joel - Cap. 3 - Vers. 14  a 16  

 

14  Multidões, multidões no vale da Decisão! Porque o dia do SENHOR está perto, no vale da Decisão.

15  O sol e a lua se enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor.

16  E o SENHOR bramará de Sião e dará a sua voz de Jerusalém, e os céus e a terra tremerão; mas o SENHOR será o refúgio do seu povo e a fortaleza dos filhos de Israel.

 

Este capítulo de Daniel, embora mencionado anteriormente no Primeiro Plano Cristão, achamos por bem repeti-lo, por retratar a fiel situação do final dos tempos.

Daniel - Cap. 12 - Vers. 1 a 10

 

1  E, naquele tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro.

2  E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna e outros para vergonha e desprezo eterno.

3  Os sábios, pois, resplandecerão como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente.

4  E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.

5  E eu, Daniel, olhei, e eis que estavam outros dois, um desta banda, à beira do rio, e o outro da outra banda, à beira do rio.

6  E ele disse ao homem vestido de linho, que estava sobre as águas do rio: Que tempo haverá até ao fim das maravilhas?

7  E ouvi o homem vestido de linho, que estava sobre as águas do rio, quando levantou a sua mão direita e a sua mão esquerda ao céu e jurou, por aquele que vive eternamente, que depois de um tempo, de tempos e metade de um tempo, e quando tiverem acabado de destruir o poder do povo santo, todas essas coisas serão cumpridas.

8  Eu, pois, ouvi, mas não entendi; por isso, eu disse: Senhor meu, qual será o fim dessas coisas?

9  E ele disse: Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até ao tempo do fim.

10  Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.

 

O final, segundo os apóstolos  no Segundo testamento

Novamente  se repetirá algumas das leituras já lidas, que se enquadram neste capítulo também.

 

S. Mateus - Cap. 24  - Vers. 4 a 51 

 

4  E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane,

5  porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

6  E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.

7  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.

8  Mas todas essas coisas são o princípio das dores.

9  Então, vos hão de entregar para serdes atormentados e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as gentes por causa do meu nome.

10  Nesse tempo, muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se aborrecerão.

11  E surgirão muitos falsos profetas e enganarão a muitos.

12  E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará.

13  Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.

14  E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim.

15  Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo (quem lê, que entenda),

16  então, os que estiverem na Judéia, que fujam para os montes;

17  e quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa;

18  e quem estiver no campo não volte atrás a buscar as suas vestes.

19  Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias!

20  E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado,

21  porque haverá, então, grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco haverá jamais.

22  E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas, por causa dos escolhidos, serão abreviados aqueles dias.

23  Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui ou ali, não lhe deis crédito,

24  porque surgirão falsos cristos e falsos profetas e farão tão grandes sinais e prodígios, que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

25  Eis que eu vo-lo tenho predito.

26  Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa, não acrediteis.

27  Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do Homem.

28  Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.

29  E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.

30  Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

31  E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.

32  Aprendei, pois, esta parábola da figueira: quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.

33  Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.

34  Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam.

35  O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.

36  Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai.

37  E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do Homem.

38  Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,

39  e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem.

40  Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;

41  Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.

42  Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.

43  Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa.

44  Por isso, estai vós apercebidos também, porque o Filho do Homem há de vir à hora em que não penseis.

45  Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o Senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?

46  Bem-aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim.

47  Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.

48  Porém, se aquele mau servo disser consigo: O meu senhor tarde virá,

49  e começar a espancar os seus conservos, e a comer, e a beber com os bêbados,

50  Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera e à hora em que ele não sabe,

51  e separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.

 

S. Marcos - Cap. 13  - Vers. 24 a 37 

24  Ora, naqueles dias, depois daquela aflição, o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz.

25  E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas.

26  E, então, verão vir o Filho do Homem nas nuvens, com grande poder e glória.

27  E ele enviará os seus anjos e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade da terra até a extremidade do céu.

28  Aprendei, pois, a parábola da figueira: quando já o seu ramo se torna tenro, e brotam folhas, bem sabeis que está próximo o verão.

29  Assim também vós, quando virdes sucederem essas coisas, sabei que está perto, às portas.

30  Na verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam.

31  Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão.

32  Mas, daquele Dia e hora, ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai.

33  Olhai, vigiai e orai, porque não sabeis quando chegará o tempo.

34  É como se um homem, partindo para fora da terra, deixasse a sua casa, e desse autoridade aos seus servos, e a cada um, a sua obra, e mandasse ao porteiro que vigiasse.

35  Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã,

36  para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo.

37  E as coisas que vos digo digo-as a todos: Vigiai.

 

Atos dos Apóstolos - Cap. 2 - Vers. 18 a 21

 

18  E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e minhas servas, naqueles dias, e profetizarão;

19  e farei aparecer prodígios em cima no céu e sinais em baixo na terra: sangue, fogo e vapor de fumaça.

20  O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes de chegar o grande e glorioso Dia do Senhor;

21  e acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.

 

I Aos Tessalonicenses - Cap. 4 - Vers. 14 a 17  (15/16)

 

14  Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele.

15  Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

16  Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro;

17  depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

 

I Aos Tessalonicenses - Cap. 5 - Vers. 1 a 11

 

1  Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva;

2  porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite.

3  Pois que, quando disserem: paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão.

4  Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão;

5  porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas.

6  Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios.

7  Porque os que dormem dormem de noite, e os que se embebedam embebedam-se de noite.

8  Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e da caridade e tendo por capacete a esperança da salvação.

9  Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo,

10  que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.

11  Pelo que exortai-vos uns aos outros e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis.

 

Aos Hebreus - Cap. 6 - Vers. 4  a 8

 

4  Porque é impossível que os que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo,

5  e provaram a boa palavra de Deus e as virtudes do século futuro,

6     e recaíram sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus e o expõem ao vitupério.  . 

  (Obs: provavelmente se existe a reencarnação, nesta época não terão mais tempo para reencarnar.)  

7  Porque a terra que embebe a chuva que muitas vezes cai sobre ela e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada recebe a bênção de Deus;

8  mas a que produz espinhos e abrolhos é reprovada e perto está da maldição; o seu fim é ser queimada.

Aos Hebreus - Cap. 12 - Vers. 16  a  29

 

16  E ninguém seja fornicador ou profano, como Esaú, que, por um manjar, vendeu o seu direito de primogenitura.

17  Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que, com lágrimas, o buscou.

18 Porque não chegastes ao monte palpável, aceso em fogo, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade,

19  e ao sonido da trombeta, e à voz das palavras, a qual, os que a ouviram pediram que se lhes não falasse mais;

20  porque não podiam suportar o que se lhes mandava: Se até um animal tocar o monte, será apedrejado.

21  E tão terrível era a visão, que Moisés disse: Estou todo assombrado e tremendo.

22  Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos,

23  à universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;

24  e a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.

25  Vede que não rejeiteis ao que fala; porque, se não escaparam aqueles que rejeitaram o que na terra os advertia, muito menos nós, se nos desviarmos daquele que é dos céus,

26  a voz do qual moveu, então, a terra, mas, agora, anunciou, dizendo: Ainda uma vez comoverei, não só a terra, senão também o céu.

27  E esta palavra: Ainda uma vez, mostra a mudança das coisas móveis, como coisas feitas, para que as imóveis permaneçam.

28  Pelo que, tendo recebido um Reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente com reverência e piedade;

29  Porque o nosso Deus é um fogo consumidor.

 

II S. Pedro - Cap. 3 - Vers. 1 a 18

 

1  Amados, escrevo-vos, agora, esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero,

2  para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas e do mandamento do Senhor e Salvador, mediante os vossos apóstolos,

3  sabendo primeiro isto: que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências

4  e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque desde que os pais dormiram todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.

5  Eles voluntariamente ignoram isto: que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste;

6  pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio.

7  Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro e se guardam para o fogo, até o Dia do Juízo e da perdição dos homens ímpios.

8  Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia.

9  O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

10  Mas o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra e as obras que nela há se queimarão.

11  Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato e piedade,

12  Aguardando e apressando-vos para a vinda do Dia de Deus, em que os céus, em fogo, se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?

13  Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça.

14  Pelo que, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz

15  e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada,

16  Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.

17  Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados e descaiais da vossa firmeza;

18  Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém!

 

S. Judas - Cap. 1 - Vers.  1 a 25

1 Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, amados em Deus Pai, e guardados em Jesus Cristo:

2 Misericórdia, paz e amor vos sejam multiplicados.

3 Amados, enquanto eu empregava toda a diligência para escrever-vos acerca da salvação que nos é comum, senti a necessidade de vos escrever, exortando-vos a pelejar pela fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos.

4 Porque se introduziram furtivamente certos homens, que já desde há muito estavam destinados para este juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de nosso Deus, e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo.

5 Mas, quero lembrar-vos, como a quem já uma vez soube isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram;

6 E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão, e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia;

7 assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se prostituído como aqueles anjos, e ido após outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.

8 Contudo, semelhantemente também estes falsos mestres, sonhando, contaminam a sua carne, rejeitam toda autoridade e blasfemam das dignidades.

9 Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.

10 Estes, porém, blasfemam de tudo o que não entendem; e, naquilo que compreendem de modo natural, como os seres irracionais, mesmo nisso se corrompem.

11 Ai deles! porque foram pelo caminho de Caim, e por amor do lucro se atiraram ao erro de Balaão, e pereceram na rebelião de Coré.

12 Estes são os escolhidos em vossos ágapes, quando se banqueteiam convosco, pastores que se apascentam a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos; são árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas;

13 Ondas impetuosas do mar, espumando as suas mesmas abominações: estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas.

14 E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo  o Senhor com milhares de seus santos;

15 Para executar juízo sobre todos e convencer a todos os ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e de todas as duras palavras que ímpios pecadores contra ele proferiram.

16 Estes são murmuradores, queixosos, andando segundo as suas concupiscências; e a sua boca diz coisas muito arrogantes, adulando pessoas por causa do interesse.

17 Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo;

18 os quais vos diziam: Nos últimos tempos haverá escarnecedores, andando segundo as suas ímpias concupiscências.

20 Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,

21 Conservai-vos na caridade de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.

22 E apiedai-vos de alguns que estão na dúvida,

23 e salvai-os, arrebatando-os do fogo; e de outros tende misericórdia com temor, abominação até a túnica manchada pela carne.

24 Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos,

25 ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém.

 

 

Apocalipse - Cap. 6 - Vers. 12 a 17

 

12  E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue.

13  E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte.

14  E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos do seu lugar.

15  E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo servo, e todo livre se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas

16  e diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono e da ira do Cordeiro,

17  porque é vindo o grande Dia da sua ira; e quem poderá subsistir?

 

Apocalipse - Cap. 7 - Vers. 9 a 17 (13/ 14 )

 

9  Depois destas coisas, olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos;

10  e clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro. 11  E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seu rosto e adoraram a Deus, 12  dizendo: Amém! Louvor, e glória, e sabedoria, e ações de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre. Amém!

13  E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são e de onde vieram? 14  E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram de grande tribulação, lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro. 15  Por isso estão diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra.

16  Nunca mais terão fome, nunca mais terão sede; nem sol nem calma (significado da palavra calma: grande calor atmosférico)  alguma cairá sobre eles,

  17  porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará e lhes servirá de guia para as fontes das águas da vida; e Deus limpará de seus olhos toda lágrima.

 

 

Apocalipse - Cap. 22  - Vers. 1 a 21

 

1  E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.

2  No meio da sua praça e de uma e da outra banda do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês, e as folhas da árvore são para a saúde das nações.

3  E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.

4  E verão o seu rosto, e na sua testa estará o seu nome.

5  E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os alumia, e reinarão para todo o sempre.

6  E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.

7  Eis que presto venho. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

8  E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.

9  E disse-me: Olha, não faças tal, porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.

10  E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque próximo está o tempo.

11  Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda.

12  E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.

13  Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro.

14  Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida e possam entrar na cidade pelas portas.

15  Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.

16  Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a resplandecente Estrela da manhã.

17  E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem ouve diga: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida.

18  Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;

19  e, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida e da Cidade Santa, que estão escritas neste livro.

20  Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus!

21  A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém!

 

Ev. S. João - Cap. 14 - Vers. 1 a 6

 

1  Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.

2  Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar.

3  E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também.

4  Mesmo vós sabeis para onde vou e conheceis o caminho.

5  Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais e como podemos saber o caminho?

6  Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.

 

 

 

Após a leitura destes apanhados de profecias e regras  nos quais vimos que o fim deste planeta está praticamente selado com uma terrível catástrofe, devemos lembrar ao leitor que por mais de uma vez Deus fez menção de exterminar a humanidade,  mostrando-se arrependido de os ter criado, dizimando cidades por inteiro.  Mas acabou cedendo aos pedidos e apelo de seus escolhidos e mudou a sua determinação.

No decorrer do curso da existência humana, teve-se previsões de grandes catástrofes e até uma amostra do que seria o fim, dito por  profetas contemporâneos ou visões e aparições.  Reveladas suas mensagens, pode-se perceber que houve uma mudança no curso previsto da humanidade, por  exemplo quanto ao seu comportamento em relação à corrida armamentista,   invertendo um processo de auto-destruição através da conquista do poder de uma nação sobre a outra.   Houve um estado de consciência, pelo menos no período de final do século passado (XX), para o desarmamento das grandes bombas que fatalmente provocariam  uma catástrofe muitas vezes pior que Hiroshima.   O receio do pior causou esta recua, porque não havia limites de segurança para ambos os lados das nações.    E no início do século  XXI, até as grandes potências se tornaram vulneráveis e, apesar de toda tecnologia aplicada em seu favor, sofreram grandes ataques terroristas por fanáticos suicidas, extremistas, assolando populações civis, indefesas, causando grandes tragédias.    Trouxeram ainda a guerra biológica para assolar seus inimigos, desenvolvendo pragas e pestes em laboratório, mudando o sistema das guerras convencionais, que já era uma tragédia, para os campos da guerra invisível, com vírus mortais, causando pânico e neurose coletiva ao mundo. 

Isso contraria portanto, todo o complexo para evolução  da humanidade! 

Como vimos, um sistema biológico foi criado por Deus em nosso planeta, para uma recuperação, paciente, na esperança de que cada ser humano pudesse ter sua chance de se redimir de seus instintos destruidores.   Preparando-se  então desta forma, para um retorno digno à sua origem celestial, por sua própria força e livre arbítrio.   Retorno este, advindo de uma batalha no Universo, da qual somos finais participantes neste final dos tempos.   

Por tudo que lemos aqui, gostaria de chamar a atenção do leitor ao objetivo deste livro, que é à busca de uma razão para o nosso viver. Tendo absoluta certeza de que eu por meio destes estudos achei o caminho verdadeiro através dos ensinamentos de Jesus Cristo.

Quero deixar como mensagem e como advertência para o leitor que não se deu por satisfeito e não achou a sua razão de vida ao final deste livro,  que busque no original das Escrituras Sagradas, as suas conclusões por que o tempo está se esgotando e não teremos mais chances para retornar para uma nova expiação.

FIM

 

 

 

Copyright © 2008, www.embuscadaverdade.com.br. All rights reserved.
Webmaster : J.E.S.