Em Busca da Verdade...
Capítulo 5

O Segundo Plano Cristão- O Messias - apartir de Jesus

PARTE 8 -

Melquisedeque uma simples figura de Cristo

Capítulos

0- Introdução

1-Antes da Criação do Mundo

2- Período da Criação

3-Classificação dos anjos em relação aos povos da Terra

4-O Primeiro plano cristão - de Adão a Jesus (Dividido em 10 partes) leia as partes abaixo:

4.1-Adão o profeta

4.2- Adão a Noé

4.3- Primeiro pacto: Deus e Noé

4.4- Segundo pacto: Deus e Abrão

4.5-Terceiro pacto: Deus e Moises

4.6- Quarto pacto: Deus e Davi

4.7- Meios de comunicação

4.8- Análise do Profeta Isaias

4.9- Análise do Profeta Jeremias

4.10- Analise do Profeta Zacarias

5-O Segundo Plano Cristão- O Messias - apartir de Jesus (em 11 partes)

5.1- Jesus, o primeiro a ressuscitar dos mortos

5.2- Significado especial da palavra Vida e Morte

5.3- Cada um é responsável por seus atos

5.4- Os deveres dos servos Cristãos

5.5-Advertência às Igrejas Cristãs

5.6- Advertência aos Cristãos, para com o mundo espiritual

5.7- Relacionamento dos dois Adãos

5.8- Melquisedeque uma simples figura de Cristo

5.9- Jesus dá o relacionamento da família comforme quer

5.10- Classificação dos espíritos através do nascimento

5.11 Predições da vinda de Cristo nos últimos tempos

6-Juizo Final

7- Fim do Planeta Terra

 

 

 Melquisedec aparece na Bíblia como protetor de Abraão, de Davi, e retrato antecipado de Jesus,   segundo explicação no dicionário “ Vocabulário  de Teologia Bíblica  “ (Editora Vozes)

O relacionamento de Abraão, Jesus e Melquisedec

Melquisedec uma simples figura de Cristo. Sacerdote de Deus Altíssimo, Rei da paz, sem pai sem mãe e sem genealogia, não tendo principio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao filho de Deus,  permanece sacerdote para sempre.

Paulo em Hebreus, diz:   “Considerai pois quão grande era este a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos”.    Também abençoou a Abraão, pois diz ainda: “ O menor é abençoado pelo maior “.  Paulo em Hebreus cap. 7 vers.  7. 

Através da história cristã, não  se crê que houve outro maior que Abraão a não ser Jesus, representado segundo ordem de Melquisedec, como o próprio texto o induz com relação a Jesus.  Daí pode-se fazer essa comparação que  liga as duas pessoas.   Pode-se fazer  análise através da própria Bíblia, como  se fez até agora,   sendo que entre Melquisedec e Jesus, há muito pouca matéria dentro da Bíblia. Mas, de certa forma,  abre um leque para outras religiões ou culturas de outros povos, que obedecem mais ou menos os mesmos princípios cristãos.  Por outro lado, em Atos cap. 16 vers. 6 e 7, verifica-se que Paulo em companhia de Silas e Timóteo foram impedidos de pregar o Evangelho na Ásia.   “6 Atravessaram a região frígio-gálata, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de anunciar a palavra na Ásia; 7 e tendo chegado diante da Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não lho permitiu” .E aí, fica a pergunta:  Porque haveria o Espírito Santo de Jesus,  impedir tal pregação, senão para que não houvesse um conflito ideológico ou religioso que viesse a confundir àquele povo?  Fica uma interrogação em relação a Melquisedec  citado na Bíblia em Gênesis, Hebreus e Mateus, que passamos a analisar.

 

Nesta passagem de Mateus, Jesus na entrada de Cafernaum encontrando um centurião romano, cita para os que o acompanhavam, o que aconteceria no reino do céu, quanto ao arrebatamento dos agregados de outras origens, tribos e raças, do oriente e do ocidente.

Mateus- Cap. 8 – Vers. 11

10  Mas eu vos digo que muitos virão do Oriente e do Ocidente e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no Reino dos céus;

Gênesis - Cap.14 - Vers. 18 a 20  

 

14  Ouvindo, pois, Abrão que o seu irmão estava preso, armou os seus criados, nascidos em sua casa, trezentos e dezoito, e os perseguiu até Dã.

15  E dividiu-se contra eles de noite, ele e os seus criados, e os feriu, e os perseguiu até Hobá, que fica à esquerda de Damasco.

16  E tornou a trazer toda a fazenda e tornou a trazer também a Ló, seu irmão, e a sua fazenda, e também as mulheres, e o povo.

17  E o rei de Sodoma saiu-lhes ao encontro (depois que voltou de ferir a Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele) no vale de Savé, que é o vale do Rei.

18  E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e este era sacerdote do Deus Altíssimo.

          

Salmos - Cap. 110 - Vers. 1 a 5

 

1  Disse o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés.

2  O SENHOR enviará o cetro da tua fortaleza desde Sião, dizendo: Domina no meio dos teus inimigos.

3  O teu povo se apresentará voluntariamente no dia do teu poder, com santos ornamentos; como vindo do próprio seio da alva, será o orvalho da tua mocidade.

4  Jurou o SENHOR e não se arrependerá: Tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque.

5  O Senhor, à tua direita, ferirá os reis no dia da sua ira.

 

Ao instalar-se em Jerusalém, Davi põe em prática uma política de assimilação. O Salmo apresenta o Rei israelita (o continuador do prestigioso Melquisedec). Javé (Deus) jurou ao seu ungido, enquanto Rei de Jerusalém, (Tu és sacerdote para sempre à maneira de Melquisedec). Esta expressão hipérbole, para os messias efêmeros(Melquisedec – Davi-Jesus) irá ser verídica, para o messias último, para o qual depois do exílio, o salmo orientará a expectativa de Israel e através dos segmentos cristãos, só irá se realizar em Jesus Cristo. A palavra hipérbole, citada dentro deste resumo, extraída do Vocabulário Teológico Bíblico da Editora Vozes, segundo o dicionário Aurélio, significa: hipérbole – eqüilátera geométrica, cujo eixo conjugado e transverso são iguais. Hipérboles conjugadas geométricas = 2 hipérboles dispostas de modo que o eixo conjugado de uma, seja o transverso da outra, e vice-versa. -   o que significa que se cruzam, convergindo para um mesmo ponto em forma de X ou  Y. Através dos textos que vão se desenrolar, podemos concluir que Melquisedec, Davi e Jesus, são uma só pessoa. Melquisedec abrange outras tribos, que desconhecemos, e que não veio das origens do povo Judeu e das leis de Moises. Simplesmente desconhecemos. Não importa para o cristão! Não devemos nos incomodar com religiões orientais ou outras que posam parecer estranhas, pois Jesus disse: Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; à essas também me importa conduzir; e elas me ouvirão a minha voz; e haverá um rebanho e um só pastor. (Jo.10:16)

Nesta passagem abaixo, veremos o perfeito entrosamento entre Davi, Melquisedec e Jesus. Estaria Jesus se referindo a Davi quando ele através de orações e súplicas pede a Deus para não deixar a sua alma no hades? (Versículo 7, igual ao Salmos 86: 9 a 13)Pois ele haveria  de restaurar a sua alma, pregando a palavra de Deus a todas as nações.

Aos Hebreus - Cap. 5 - Vers. 4 a 11

 

4  E ninguém toma para si essa honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão.

5  Assim, também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas glorificou aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei.

6  Como também diz noutro lugar: Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque.

7  O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia.

8  Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu.

9  E, sendo ele consumado, veio a ser a causa de eterna salvação para todos os que lhe obedecem,

10  chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.

11  Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação, porquanto vos fizestes negligentes para ouvir.

 

Aos Hebreus - Cap. 6 - Vers. 9 a 20

 

9  Mas de vós, ó amados, esperamos coisas melhores e coisas que acompanham a salvação, ainda que assim falamos.

10  Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra e do trabalho da caridade que, para com o seu nome, mostrastes, enquanto servistes aos santos e ainda servis.

11  Mas desejamos que cada um de vós mostre o mesmo cuidado até ao fim, para completa certeza da esperança;

12  para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que, pela fé e paciência, herdam as promessas.

13  Porque, quando Deus fez a promessa a Abraão, como não tinha outro maior por quem jurasse, jurou por si mesmo,

14  dizendo: Certamente, abençoando, te abençoarei e, multiplicando, te multiplicarei.

15  E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa.

16  Porque os homens certamente juram por alguém superior a eles, e o juramento para confirmação é, para eles, o fim de toda contenda.

17  Pelo que, querendo Deus mostrar mais abundantemente a imutabilidade do seu conselho aos herdeiros da promessa, se interpôs com juramento,

18  para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta;

19  a qual temos como âncora da alma segura e firme e que penetra até ao interior do véu,

20  onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.

 

Melquisedec ou Melquisedeque, era Rei da Paz, após a lei veio Davi, a fraqueza. Em Jesus a Pureza e a perfeição.

Aos Hebreus - Cap. 7 - Vers.1 a 28

 

1  Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém e sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou;

2  a quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz;

3  sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas, sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.

4  Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.

5  E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham descendido de Abraão.

6  Mas aquele cuja genealogia não é contada entre eles tomou dízimos de Abraão e abençoou o que tinha as promessas.

7  Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior.

8  E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.

9  E, para assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.

10  Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai, quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.

11  De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?

12  Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.

13  Porque aquele de quem essas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar,

14  visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.

15  E muito mais manifesto é ainda se, à semelhança de Melquisedeque, se levantar outro sacerdote,

16  que não foi feito segundo a lei do mandamento carnal, mas segundo a virtude da vida incorruptível.

17  Porque dele assim se testifica: Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque.

18  Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade

19  (pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou), e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.

20  E, visto como não é sem prestar juramento (porque certamente aqueles, sem juramento, foram feitos sacerdotes,

21  mas este, com juramento, por aquele que lhe disse: Jurou o Senhor e não se arrependerá: Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque.);

22  de tanto melhor concerto Jesus foi feito fiador.

23  E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque, pela morte, foram impedidos de permanecer;

24  mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.

25  Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.

26  Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e feito mais sublime do que os céus,

27  que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente, por seus próprios pecados e, depois, pelos do povo; porque isso fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.

28  Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.

 

S. João - Cap. 8 - Vers. 53 a 59

 

53  És tu maior do que Abraão, o nosso pai, que morreu? E também os profetas morreram; quem te fazes tu ser?

54  Jesus respondeu: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; quem me glorifica é meu Pai, o qual dizeis que é vosso Deus.

55  E vós não o conheceis, mas eu conheço-o; e, se disser que não o conheço, serei mentiroso como vós; mas conheço-o e guardo a sua palavra.

56  Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se.

57  Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinqüenta anos e viste Abraão?

58  Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que, antes que Abraão existisse, eu sou.

59  Então, pegaram em pedras para lhe atirarem; mas Jesus ocultou-se, e saiu do templo, passando pelo meio deles, e assim se retirou.

Obs: Eu Sou- Segundo o dicionário Aurélio, Pronome pessoal da primeira pessoa; individualidade metafísica da pessoa (aquele de quem devem decorrer o conjunto de princípio de qualquer ciência e a certeza e evidência que neles reconhecemos) e que nos dá a chave do conhecimento do real, tal como este verdadeiramente é (em oposição à aparência).

S. João - Cap. 10  - Vers. 14  a  18

 

14  Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido.

15  Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e dou a minha vida pelas ovelhas.

16  Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.

17  Por isso, o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.

18  Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de meu Pai.

Encerando este capítulo quero chamar a atenção ao versículo 28 em que Jesus deixa claro que não era a primeira vez que vinha ao mundo como homem de Deus; pois menciona “e outra vez deixo o mundo e vou para o pai.” E assim, fica este capítulo para meditação do leitor.

S. João - Cap. 16 - Vers. 25 a 29  (  28  ) 

 

25  Disse-vos isso por parábolas; chega, porém, a hora em que vos não falarei mais por parábolas, mas abertamente vos falarei acerca do Pai.

26  Naquele dia, pedireis em meu nome, e não vos digo que eu rogarei por vós ao Pai,

27  Pois o mesmo Pai vos ama, visto como vós me amastes e crestes que saí de Deus.

28  Saí do Pai e vim ao mundo; outra vez, deixo o mundo e vou para o Pai.

29  Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que, agora, falas abertamente e não dizes parábola alguma.

 

 

 

Copyright © 2008, www.embuscadaverdade.com.br. All rights reserved.
Webmaster : J.E.S.