Em Busca da Verdade...
Capítulo 5

O Segundo Plano Cristão- O Messias – à partir de Jesus

PARTE 10 -

Classificação dos espíritos através do nascimento

Capítulos

0- Introdução

1-Antes da Criação do Mundo

2- Período da Criação

3-Classificação dos anjos em relação aos povos da Terra

4-O Primeiro plano cristão - de Adão a Jesus (Dividido em 10 partes) leia as partes abaixo:

4.1-Adão o profeta

4.2- Adão a Noé

4.3- Primeiro pacto: Deus e Noé

4.4- Segundo pacto: Deus e Abrão

4.5-Terceiro pacto: Deus e Moises

4.6- Quarto pacto: Deus e Davi

4.7- Meios de comunicação

4.8- Análise do Profeta Isaias

4.9- Análise do Profeta Jeremias

4.10- Analise do Profeta Zacarias

5-O Segundo Plano Cristão- O Messias - apartir de Jesus (em 11 partes)

5.1- Jesus, o primeiro a ressuscitar dos mortos

5.2- Significado especial da palavra Vida e Morte

5.3- Cada um é responsável por seus atos

5.4- Os deveres dos servos Cristãos

5.5-Advertência às Igrejas Cristãs

5.6- Advertência aos Cristãos, para com o mundo espiritual

5.7- Relacionamento dos dois Adãos

5.8- Melquisedeque uma simples figura de Cristo

5.9- Jesus dá o relacionamento da família comforme quer

5.10- Classificação dos espíritos através do nascimento

5.11 Predições da vinda de Cristo nos últimos tempos

6-Juizo Final

7- Fim do Planeta Terra

 

 

 O  que dizer à  sociedade sobre o casamento? 

As opiniões se divergem tanto quanto nos tempos mais remotos.

Certa ocasião perguntaram a Jesus o que ele achava do divórcio com relação ao casamento.

Vejamos o que ele disse:

S. Marcos - Cap. 10 - Vers. 1 a 12

 

1 E, LEVANTANDO-SE dali, foi para os termos da Judéia, além do Jordão, e a multidão se reuniu em torno dele; e tornou a ensiná-los, como tinha por costume.

2 E, aproximando-se dele os fariseus, perguntaram-lhe, tentando-o: É lícito ao homem repudiar sua mulher?

3 Mas ele, respondendo, disse-lhes: Que vos mandou Moisés?

4 E eles disseram: Moisés permitiu escrever carta de divórcio, e repudiar,

5 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele escrito esse mandamento;

6 Porém, desde o princípio da criação Deus os fez macho e fêmea.

7 Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher,

8 E serão os dois uma só carne: e assim já não serão dois, mas uma só carne.

9 Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem.

10 E em casa tornaram os discípulos a interrogá-lo acerca disto mesmo.

11 E ele lhes disse: Qualquer que deixar a sua mulher e casar com outra, adultera contra ela.

12 E, se a mulher deixar a seu marido e casar com outro, adultera.

 

Abaixo temos a mesma história na versão de Mateus:

S. Mateus - Cap. 19 - Vers. 1 a 12

 1 Tendo Jesus concluído estas palavras, partiu da Galiléia, e foi para os confins da Judéia, além do Jordão;

2 e seguiram-no grandes multidões, e curou-os ali.

3 Aproximaram-se dele alguns fariseus que o experimentavam, dizendo: É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo?

4 Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher,

5 E que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne?

6 Assim já não são mais dois, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem.

7 Responderam-lhe: Então por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio e repudiá-la?

8 Disse-lhes ele: Pela dureza de vossos corações Moisés vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas não foi assim desde o princípio.

9 Eu vos digo porém, que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de infidelidade, e casar com outra, comete adultério; [e o que casar com a repudiada também comete adultério.]

10 Disseram-lhe os discípulos: Se tal é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar.

11 Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem aceitar esta palavra, mas somente aqueles a quem é dado.

12 Porque há eunucos que nasceram assim; e há eunucos que pelos homens foram feitos tais; e outros há que a si mesmos se fizeram eunucos por causa do reino dos céus. Quem pode aceitar isso, aceite-o.

 

Hoje em dia não existe uma constância no casamento. A sociedade como um todo, tem se afastado dos ensinamentos cristãos, achando normal  a dissociação do casal com filhos. Como lemos, Jesus é muito claro em nos dizer que no princípio não foi assim, sendo um dos ensinamentos primitivos antes mesmo das leis de Moises. Mas devido à dureza do coração humano, foi permitido que o casal se separasse. Jesus no entanto regulamenta e permite a separação de casais com filhos em alguns casos específicos, como diz Paulo mais a frente.

 

Paulo faz  uma comparação com as pregações e o casamento.

II Aos Corintios - Cap. 11 - Vers. 1  a  3

 

1  Oxalá me suportais um pouco na minha loucura!  Suportai-me, porém, ainda.

2     Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.

3      Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.  

 

Como vemos Paulo está orientando a Igreja de Corintios, pois havia naquela igreja uma forte promiscuidade na população. Paulo no entanto está advertindo as mulheres para que não se entregassem, e sim se guardassem aos seus futuros maridos como virgem pura. A comparação vem, porque não foi o que aconteceu com Eva.

E o que Eva gerou do primeiro relacionamento, (que não foi com Adão),  resultou no que fala abaixo em I S. João 

 

I S. João - Cap. 3  - Vers.  8  a  15 

 

8  Quem comete o pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.

9  Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.

10  Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: qualquer que não pratica a justiça e não ama a seu irmão não é de Deus.

11  Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros.

12  Não como Caim, que era do maligno e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más, e as de seu irmão, justas.

13  Meus irmãos, não vos maravilheis, se o mundo vos aborrece.

14  Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos; quem não ama a seu irmão permanece na morte.

15  Qualquer que aborrece a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem permanente nele a vida eterna.

 

Carta resposta de Paulo aos fiéis de Coríntios.

 I Aos Corintios - Cap. 7 - Vers. 1  a  20

 

1  Ora, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher;

2  Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido.

3  O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher, ao marido.

4  A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também, da mesma maneira, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher.

5  Não vos defraudeis um ao outro, senão por consentimento mútuo, por algum tempo, para vos aplicardes à oração; e, depois, ajuntai-vos outra vez, para que Satanás vos não tente pela vossa incontinência.

6  Digo, porém, isso como que por permissão e não por mandamento.

7  Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira, e outro de outra.

8  Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.

9  Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.

10  Todavia, aos casados, mando, não eu, mas o Senhor, que a mulher se não aparte do marido.

11  Se, porém, se apartar, que fique sem casar ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher.

12  Mas, aos outros, digo eu, não o Senhor: se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe.

13  E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe.

14  Porque o marido descrente é santificado pela mulher, e a mulher descrente é santificada pelo marido. Doutra sorte, os vossos filhos seriam imundos; mas, agora, são santos.

15  Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz.

16  Porque, donde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido? Ou, donde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher?

17  E, assim, cada um ande como Deus lhe repartiu, cada um, como o Senhor o chamou. É o que ordeno em todas as igrejas.

18  É alguém chamado, estando circuncidado? Fique circuncidado. É alguém chamado, estando incircuncidado? Não se circuncide.

19  A circuncisão é nada, e a incircuncisão nada é, mas, sim, a observância dos mandamentos de Deus.

20  Cada um fique na vocação em que foi chamado.

 

O texto que acabamos de ler vem a ser a base da regulamentação matrimonial, com a qual fica claro saber qual é a vontade de Deus. Interessante pois já a 2000 anos atrás os casais enfrentavam as mesmas dificuldades e problemas.

Muitos casais acham que o importante é ser fiel com o seu parceiro(a), não importando o estar casado matrimonialmente, o que vemos na bíblia no entanto, é que este casamento deve ser sacramentado tanto nas leis dos homens como nas leis de Deus (Vers. 9 ). Também é comum vermos pessoas crentes casar com pessoas não crentes, estas pessoas que crêem terão que estar muito firme em sua fé e permanecer na palavra de Deus, para que se possa confirmar o que Paulo diz no vers. 14 e 15.

Nesta passagem abaixo de Judas, temos três pontos interessantes:

1-    O Arcanjo Miguel em uma disputa com o diabo não ousou amaldiçoa-lo, ou seja, ele mesmo não fez juízo, ou também não o condenou deixando para que o Senhor Deus o repreendesse. Hoje no entanto vemos muitos líderes  religiosos, condenando vários fieis e não fieis principalmente de outra religião, chegando a impedi-los de freqüentarem a comunidade cristã dirigida por eles.

2-    Judas coloca Caim como exemplo maligno, confirmando o que Paulo disse a respeito da família de Adão e Eva.

3-    No versículo 14 Judas nos diz que Enoque era o sétimo profeta depois de Adão, nos levando a entender que Adão foi o primeiro, também neste versículo nos dá a informação de que milhares de anjos tinham sido colocados na Terra com ele Adão, para fazer juízo aos ímpios.

S. Judas - Cap. 1 - Vers. 1 e 9 a 15  

Observação: Judas, irmão de Tiago, não era o Judas Iscariotes que traiu Jesus.

 

1  Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos chamados, queridos em Deus Pai e conservados por Jesus Cristo:

 

9  Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.

10  Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais, se corrompem.

11  Ai deles! Porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Corá.

12  Estes são manchas em vossas festas de caridade, banqueteando-se convosco e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;

13  Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações, estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas.

14  E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos,

15 Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas  obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.

 

Neste texto abaixo temos um fato que muitos ignoram. Várias pessoas em nossos meio devido a brechas em sua vida, quero dizer devido ao pecado cometido e não ter arrependido ou mesmo pelo fato de serem incrédulos, se tornam vulneráveis ao mundo espiritual negativo, abrindo uma legalidade neste mundo “das trevas” em seus corpos materiais, pois o nosso corpo é o templo do espírito, podendo ser habitado pelo Espírito Santo caso seja uma pessoa crente na palavra de Deus, ou habitado por espíritos malignos como  veremos,  onde Jesus expulsa  demônios de uma pessoa e os atira em porcos.

S. Mateus - Cap. 8 - Vers. 28  a  33

 

28  E, tendo chegado à outra margem, à província dos gadarenos, saíram-lhe ao encontro dois endemoninhados, vindos dos sepulcros; tão ferozes eram, que ninguém podia passar por aquele caminho.

29  E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?

30  E andava pastando distante deles uma manada de muitos porcos.

31  E os demônios rogaram-lhe, dizendo: Se nos expulsas, permite-nos que entremos naquela manada de porcos.

32  E ele lhes disse: Ide. E, saindo eles, se introduziram na manada dos porcos; e eis que toda aquela manada de porcos se precipitou no mar por um despenhadeiro, e morreram nas águas.

33  Os porqueiros fugiram e, chegando à cidade, divulgaram tudo o que acontecera aos endemoninhados.

 

Neste texto de Lucas leremos que os Embaixadores de Cristo voltam a Ele, felizes pois os espíritos malignos saiam das pessoas quando eles invocavam o nome de Jesus, no entanto, Jesus faz uma advertência, pois apesar dessa limpeza espiritual acontecer, os que se consideram Embaixadores de Jesus não devem se vangloriar do feito, pois o mérito está na fé daquele que recebe o benefício e no poder de Nosso Senhor Jesus Cristo, ao qual todo joelho se dobrará.

S. Lucas - Cap. 10 - Vers. 16  a  37 

 

16  Quem vos ouve a vós a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita aquele que me enviou.

17  E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.

 

Obs:  Segundo Lucas, estes setenta eram embaixadores de Cristo, para pregar a palavra.

 

18  E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.

19  Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum.

20  Mas não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos, antes, por estar o vosso nome escrito nos céus.

21  Naquela mesma hora, se alegrou Jesus no Espírito Santo e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve.

22  Tudo por meu Pai me foi entregue; e ninguém conhece quem é o Filho, senão o Pai, nem quem é o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.

23  E, voltando-se para os discípulos, disse-lhes em particular: Bem-aventurados os olhos que vêem o que vós vedes,

24  pois vos digo que muitos profetas e reis desejaram ver o que vós vedes e não o viram; e ouvir o que ouvis e não o ouviram.

25  E eis que se levantou um certo doutor da lei, tentando-o e dizendo: Mestre, que farei para herdar a vida eterna?

26  E ele lhe disse: Que está escrito na lei? Como lês?

27  E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento e ao teu próximo como a ti mesmo.

28  E disse-lhe: Respondeste bem; faze isso e viverás.

29  Ele, porém, querendo justificar-se a si mesmo, disse a Jesus: E quem é o meu próximo?

30  E, respondendo Jesus, disse: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram e, espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto.

31  E, ocasionalmente, descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo.

32  E, de igual modo, também um levita, chegando àquele lugar e vendo-o, passou de largo.

33  Mas um samaritano que ia de viagem chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão.

34  E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, aplicando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele;

35  E, partindo ao outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele, e tudo o que de mais gastares eu to pagarei, quando voltar.

36  Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores?

37  E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai e faze da mesma maneira.

 

Da mesma forma que comentamos acima o fato de que os Embaixadores de Jesus expulsam espíritos malignos, os fieis e beneficiados, no entanto deverão permanecer fieis na Palavra de Jesus, por que caso isso não aconteça, o seu estado ultimo poderá se tornar pior que o primeiro. Leiamos:

Lucas – Cap. 11 - Vers. 14 a 28

 

14  E estava ele expulsando um demônio, o qual era mudo. E aconteceu que, saindo o demônio, o mudo falou; e maravilhou-se a multidão.

15  Mas alguns deles diziam: Ele expulsa os demônios por Belzebu, príncipe dos demônios.

16  E outros, tentando-o, pediam-lhe um sinal do céu.

17  Mas, conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo será assolado; e a casa dividida contra si mesma cairá.

18  E, se também Satanás está dividido contra si mesmo, como subsistirá o seu reino? Pois dizeis que eu expulso os demônios por Belzebu.

19  E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam vossos filhos? Eles, pois, serão os vossos juízes.

20  Mas, se eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente, a vós é chegado o Reino de Deus.

21  Quando o valente guarda, armado, a sua casa, em segurança está tudo quanto tem.

22  Mas, sobrevindo outro mais valente do que ele e vencendo-o, tira-lhe toda a armadura em que confiava e reparte os seus despojos.

23  Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.

24  Quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares secos, buscando repouso; e, não o achando, diz: Tornarei para minha casa, de onde saí.

25  E, chegando, acha-a varrida e adornada.

26  Então, vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele; e, entrando, habitam ali; e o último estado desse homem é pior do que o primeiro.

27  E aconteceu que, dizendo ele essas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste!

28  Mas ele disse: Antes, bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.

Ainda comentando este texto lido, temos uma afirmação importante de Jesus. Uma mulher disse em voz alta: Bem aventurada a Virgem Maria. Jesus replicou dizendo, bem aventurados os que ouvirem a palavra de Deus e as guardarem. Nos deixando claro que devemos enaltecer apenas a palavra de Deus.

 

Apocalipse - Cap. 18 - Vers. 1 a 24  (10/20/21)

 

1  E, depois destas coisas, vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder, e a terra foi iluminada com a sua glória.

2  E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu! Caiu a grande Babilônia e se tornou morada de demônios, e abrigo de todo espírito imundo, e refúgio de toda ave imunda e aborrecível!

3  Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição. Os reis da terra se prostituíram com ela. E os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.

4  E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados e para que não incorras nas suas pragas.

5  Porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.

6  Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro.

7  Quanto ela se glorificou e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto, porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, não sou viúva e não verei o pranto.

8  Portanto, num dia virão as suas pragas: a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo, porque é forte o Senhor Deus, que a julga.

9  E os reis da terra, que se prostituíram com ela e viveram em delícias, a chorarão e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio.

10  Estarão de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! Ai daquela grande Babilônia, aquela forte cidade! Pois numa hora veio o seu juízo.

11  E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra, porque ninguém mais compra as suas mercadorias:

12  mercadorias de ouro, e de prata, e de pedras preciosas, e de pérolas, e de linho fino, e de púrpura, e de seda, e de escarlata; e toda madeira odorífera, e todo vaso de marfim, e todo vaso de madeira preciosíssima, de bronze e de ferro, e de mármore;

13  e cinamomo, e cardamomo, e perfume, e mirra, e incenso, e vinho, e azeite, e flor de farinha, e trigo, e cavalgaduras, e ovelhas; e mercadorias de cavalos, e de carros, e de corpos e de almas de homens.

14  E o fruto do desejo da tua alma foi-se de ti, e todas as coisas gostosas e excelentes se foram de ti, e não mais as acharás.

15  Os mercadores destas coisas, que com elas se enriqueceram, estarão de longe, pelo temor do seu tormento, chorando, e lamentando,

16  e dizendo: Ai! Ai daquela grande cidade, que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlata, adornada com ouro e pedras preciosas e pérolas! Porque numa hora foram assoladas tantas riquezas.

17  E todo piloto, e todo o que navega em naus, e todo marinheiro, e todos os que negociam no mar se puseram de longe.

18  E, vendo a fumaça do seu incêndio, clamaram, dizendo: Que cidade é semelhante a esta grande cidade?

19  E lançaram pó sobre a cabeça e clamaram, chorando, e lamentando, e dizendo: Ai! Ai daquela grande cidade, na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência! Porque numa hora foi assolada.

20  Alegra-te sobre ela, ó céu, e vós, santos apóstolos e profetas, porque Deus julgou a vossa causa quanto a ela.

21  E um forte anjo levantou uma pedra como uma grande mó e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, aquela grande cidade, e não será jamais achada.

22  E em ti não se ouvirá mais a voz de harpistas, e de músicos, e de flauteiros, e de trombeteiros, e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e ruído de mó em ti se não ouvirá mais;

23  e luz de candeia não mais luzirá em ti, e voz de esposo e de esposa não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias.

24  E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na terra.

Neste texto de Apocalipse que acabamos de ler, entende-se que as grandes cidades, que mantiveram  o domínio do poder financeiro do mundo, tornaram-se o lar dos espíritos imundos sem a crença na Palavra de Deus, virando a morada dos espíritos  materialistas em função deste poderio, destruindo o relacionamento familiar. Por isso vieram sobre elas tais destruições, para que pudessem através do sofrimento se voltar para Deus.

Aos Romanos Capítulo 11,  já foi lido anteriormente, mas acha-se por bem transcrevê-lo novamente, tal a importância deste assunto para encerramento deste capítulo. Lembramos que entre os muitos pontos importantes desta passagem bíblica, ressaltamos o versículo 25 onde diz categoricamente que os Judeus aceitarão Jesus como messias após a maioria do mundo estarem convertidas na palavra de Deus.

 

Aos Romanos - Cap. 11 - Vers. 15 a 32

 

15  Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos?

16  E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são.

17  E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles e feito participante da raiz e da seiva da oliveira,

18  não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti.

19  Dirás, pois: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado.

20  Está bem! Pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé; então, não te ensoberbeças, mas teme.

21  Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que te não poupe a ti também.

22  Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas, para contigo, a benignidade de Deus, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira, também tu serás cortado.

23  E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os tornar a enxertar.

24  Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira!

25  Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.

26  E, assim, todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades.

27  E este será o meu concerto com eles, quando eu tirar os seus pecados.

28  Assim que, quanto ao evangelho, são inimigos por causa de vós; mas, quanto à eleição, amados por causa dos pais.

29  Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento.

30  Porque assim como vós também, antigamente, fostes desobedientes a Deus, mas, agora, alcançastes misericórdia pela desobediência deles,

31  Assim também estes, agora, foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada.

32  Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia.

 

 

 

 

Copyright © 2008, www.embuscadaverdade.com.br. All rights reserved.
Webmaster : J.E.S.