Em Busca da Verdade...
Capítulo 3

CLASSIFICAÇÃO DOS ANJOS EM RELAÇÃO AOS POVOS DA TERRA. (anjos caídos)

Capítulos

4-O Primeiro plano cristão - de Adão a Jesus (Dividido em 10 partes) leia as partes abaixo:

5-O Segundo Plano Cristão- O Messias - apartir de Jesus (em 11 partes)

Vamos lembrar da distancia das galáxias: 1Ano luz = 10 trilhões de kms

 

Vamos entender o

 que significa a palavra HOMEM  em Gen 1:26 e 27


Øאָדָם(âdâm)- Dicionário hebraico - Strongs- ref. 120 – ser humano (indivíduo ou espécie); humanidade; mostrando sangue na face; em hebraico esta palavra denota homem de baixo grau comum

 

Ø

אָדָם

(adam) -  Dicionário 

Consiso do Hebraico-

Kohlenberger; Swanson ref.132 – humanidade; homem; humano; face avermelhada (devido ao sangue passar para o rosto); terra vermelha; cor da pele; terroso

 

 

Ø

Dicionário Teológico do Velho Testamento    (Theological Dictionary of the Old Testament), Volume 1 (editado por  Botterweck e Ringgren, traduzido para o inglês por John T. Willis, Grand Rapids, Michigan: Eerdmans, 1977, pgs 75-87) Øadham, significando “HOMEM" ou nome próprio "Adão"... Geralmente aparece em textos de prosa com artigo e em textos poéticos sem artigo. Predominantemente, esta palavra ocorre como coletivo singular designando uma classe (como “humanidade" em Português), e no entanto pode ser traduzida como “humanidade" ou como plural “homens." Ao mesmo tempo, é usado muitas vezes como indivíduos.... e funções adjetivas (“humano”) ou indefinidas (“alguém"), mas nunca aparece no plural ou em construção ..... {pg 75}...........Ø

O uso da palavra ^adham^ no primeiro (velho) testamento apresenta uma das mais fortes evidências do universalismo ancião israelita. Na maioria das passagens que usam a palavra “adão” incluindo os textos mais antigos, é claro que esta palavra não tem por intenção ser referida particularmente aos israelitas, mas a todos os homens....{pgs 83-84}

 

ØA Teológica Palavra do livro da Bíblia (A Theological Word Book of the Bible)- (editado por Alan Richardson, New York: Macmillan, 1950, pág 15)
ØAdão. A palavra original significa um ser humano (cf. Gen. 2.5) ou coletivamente Humanidade (Gen.1.26). Apenas para para o propósito de mito [A história de Adão e Eva] começa a ser um nome próprio. (A exata etimologia da palavra é duvidosa.) Nós podemos pleitear uma sanção bíblica para a afirmação que Adão é Todo Homem. O mito foi, no entanto, levado literalmente por séculos; era tradicionalmente acreditado que Adão era o primeiro Humano

 

 

 

A forma mais lógica de analisar um acontecimento ou resolver um quebra-cabeça é juntar as peças, estudando todas as possibilidades da situação, desprendido de paixões partidárias ou dogmas religiosos.

Quando se quer estudar e analisar um comportamento animal ou aquático, a tendência é procurar isolar os animais em jaulas e os aquáticos em um aquário, onde se pode observá-los através de telas ou vidros transparentes. Percebe-se, através do vidro, toda a movimentação dos peixes e de outros animais marinhos, criando um ambiente bem próximo do seu habitat. Mas eles ( os peixes ) não percebem que são observados porque, olhando para o vidro estariam vendo refletida a sua própria imagem. Pois bem, mas se ao alimentá-los for feita alguma sombra na água ou esta for tocada, mesmo que rapidamente, todos os habitantes do aquário notarão aquela movimentação. As reações obviamente seriam diversas. Uns correriam, outros atacariam e outros apenas observariam. Creio que desta mesma forma, os seres humanos estão situados dentro de um grande viveiro! Só que a massa líquida do aquário, seria substituída por oxigênio, que é a atmosfera. Ao sair fora dela com o corpo material e mais pesado que o ar, morre-se por falta de oxigênio. Saibam também que todo ser humano é observado em todos seus movimentos e pensamentos, pelo mundo espiritual ou celestial que os criou, como vários versículos nos afirmam.

Se foram criados à Sua imagem e semelhança ( dos Seres do Universo ), pode-se crer na seguinte situação : Foi criado um mundo ou planeta com vida própria, onde se introduziu o Espírito e Alma em cada ser criado, para que tivesse vida própria dentro de um tempo, onde cada um seria responsável por seus atos.
Há uma clara classificação e posição das duas classes de anjos que vieram habitar o nosso planeta: Anjos maus, anjos que se rebelaram lá no Universo contra Deus, rebelião esta que gerou o pecado original. E anjos bons enviados para combate, para sobrepor-se aos que se rebelaram. Ora, todo este projeto haveria de ter uma logística, um suporte de ambos os lados de maneira justa. Neste caso entra uma terceira e quarta categoria de anjos, onde, independente do lado a que pertencem, relatam tudo o que se passa na Terra à Deus que rege o Universo (Jó 1:6 e Jó 2:1).

A batalha é justa entre os anjos que dão suporte as partes(os anjos bons e os anjos maus -demônios). Esta batalha é ideológica, e depende unicamente do modo de agir de cada um de nós (seres humanos) através de nossos sentimentos (coração e razão) devendo ainda obediência às Leis de Deus, recebida pelos Profetas. Isto se resume no livre arbítrio. Estas partes(humanos) estão envolvidas em um jogo justo entre Cristo através das leis e da graça, e o Ante-Cristo(Satanás), este juntamente com seus demônios agem num mundo por intermédio dos poderes humanos(ódio, rancor, etc). São inimigos do povo de Deus e adversários do próprio Deus. Como? Provando-nos em nossa fé e fidelidade a Deus nas horas boas e nas horas ruins. Mediante este panorama é que nós, seres humanos, nos encontramos.

De que forma os Anjos vieram habitar a Terra?

Por análise e lógica, inicialmente vieram os Anjos que se rebelaram contra Deus no Universo, formando assim os primeiros Homens (Gênesis 1:26-27) ou: Adão - Adamah = Solo, Adão no sentido coletivo e o terroso, aquele que foi feito do pó do chão....
Segundo tradução do dicionário Strongs (âdâm)- Dicionário hebraico - Strongs- ref. 120 - ser humano (indivíduo ou espécie); humanidade; mostrando sangue na face; em hebraico esta palavra denota homem de baixo grau - comum

Outra tradução: Dicionário Teológico do Velho Testamento (Theological Dictionary of the Old Testament), Volume 1 (editado por Botterweck e Ringgren, traduzido para o inglês por John T. Willis, Grand Rapids, Michigan: Eerdmans, 1977, pgs 75-87) adham, significando "HOMEM" ou nome próprio "Adão"... Geralmente aparece em textos de prosa com artigo e em textos poéticos sem artigo. Predominantemente, esta palavra ocorre como coletivo singular designando uma classe (como "humanidade" em Português), e no entanto pode ser traduzida como "humanidade" ou como plural "homens." Ao mesmo tempo, é usado muitas vezes como indivíduos.... e funções adjetivas ("humano") ou indefinidas ("alguém"), mas nunca aparece no plural ou em construção ..... {pg 75}... O uso da palavra ^adham^ no primeiro (velho) testamento apresenta uma das mais fortes evidências do universalismo ancião israelita. Na maioria das passagens que usam a palavra "adão" incluindo os textos mais antigos, é claro que esta palavra não tem por intenção ser referida particularmente aos israelitas, mas a todos os homens....{pgs 83-84}

Este é diferente do Homem(de Gênesis cap.2 e 3 ) - Em Gen 2:23b, onde em geral todas as versões em inglês e português usam a palavra "homem" no final deste verso, a palavra traduzida "homem" é ish <Strongs # 0376>{ser ereto; um homem individual; pessoa; homem (bom, grande, poderoso) em alto grau, precioso admirável.} ao invés de adam <Strongs # 0120>{ser humano; indivíduo ou espécie; em hebraico esta palavra denota homem de baixo grau - comum}

...E foi criado Macho e Fêmea, como os outros animais. Posteriormente houve introdução dos Anjos bons(Homem em alto grau). Desde então, bons e maus sofreram combate ideológico e material de igual para igual, com seu livre arbítrio, para escolha de seus caminhos, e sujeitando-se à análise e julgamento final de Deus, partindo de uma estrutura perfeita, conforme a própria natureza divina.
Iremos agora analisar, passo a passo, as passagens bíblicas, e que se integram plenamente no primeiro e no segundo plano cristão. Posteriormente voltaremos a tratar deste assunto.

APOCALIPSE DE SÃO JOÃO - Cap. 12 vers. 7 a 9

7- E houve batalha no céu; Miguel e os seus Anjos batalhavam contra o Dragão, e batalhava o Dragão e os seus Anjos:
8- Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus.
9- E foi precipitado o grande Dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; Ele foi precipitado na Terra, e os seus Anjos foram lançados com ele.

Veja o significado hebraico do nome Miquel: Alguém como Deus?
Leia o que o dicionário bíblico Wycliffe, das publicações Hendrickson na página 1114 diz a respeito de Miquel: "...... De acordo com alguns estudiosos protestantes, Miquel é identificado como a encarnação de Cristo".....

De maneira bem clara temos a idéia de como aconteceram as coisas no Universo, em algum determinado momento. Ao final desta batalha, deu-se a origem de uma nova guerra, esta já em um novo planeta mais isolado, chamada terra. Porém agora, "não por força nem por violência" como disse o profeta (Zac.4:6). Esta batalha está relacionada ao pecado de origem, onde Miquel (Alguém como Deus) defendendo a parte de Deus, faz a mediação entre Deus e os Homens.

APOCALIPSE SÃO JOÃO - Cap. 13 vers. 7 a 10

7 E foi-lhe permitido fazer guerra aos Santos, e vencê-los; e deu-se- lhe o poder sobre toda a tribo, língua, e Nação.
8 E adoraram-na todos os que habitam sobre a Terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da Vida do Cordeiro que foi morto, desde a fundação do mundo.
9 Se alguém tem ouvidos, ouça.
10 Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; Se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a paciência e a fé dos santos.

OBS: No versículo 7 ".. foi-lhe.." refere-se à besta - anjos que se rebelaram contra Deus. No mesmo versículo ..".e vence-los" está referindo a aqui na Terra. No versículo 8 "..Cordeiro que foi morto, desde a fundação do mundo." Refere-se a Cristo na pessoa de Adão, com sua fragilidade de homem sentimental e mortal. Estaremos esclarecendo este assunto polêmico mais adiante.
No decorrer do andamento do projeto de Deus aqui na terra, temos o profeta Daniel dando esperança aos que seguirem a palavra de Deus, nos seus ensinamento e mandamentos. O profeta nos dá a certeza que o escolhido de Deus, seu comandante, haveria de vencer esta batalha e arrastaria junto com ele para a plenitude da salvação, todos os que cressem na sua palavra. O Profeta Daniel também pede perdão a Deus pelos seus pecados e de seu povo (Israel), e Deus o atende e manda um anjo em seu auxilio que lhe mostra em uma visão a unção do Santo dos Santos, o Messias e a batalha que está sendo travada no mundo espiritual.

DANIEL - Cap 9: 19 a 24:
19 Ó Senhor, ouve; ó Senhor, perdoa; ó Senhor, atende-nos e opera sem tardar; por amor de ti mesmo, Deus meu, porque a tua cidade e o teu povo se chamam pelo teu nome.
20 Estando eu ainda falando e orando, e confessando o meu pecado, e o pecado do meu povo Israel, e lançando a minha súplica perante a face do Senhor, meu Deus, pelo monte santo do meu Deus,
21 Estando eu, digo, ainda falando na oração, o varão Gabriel, que eu tinha visto na minha visão ao princípio, veio voando rapidamente, e tocou-me à hora do sacrifício da tarde.
22 E me instruiu, e falou comigo, e disse: Daniel, agora saí para fazer-te entender o sentido.
23 No princípio das tuas súplicas, saiu a ordem, e eu vim, para to declarar porque és mui amado; toma, pois, bem sentido na palavra, e entende a visão.
24 Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para extinguir a transgressão, e dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santo dos santos.

Vocabulário de Teologia Bíblica Ed. Vozes - Anjo Gabriel: Herói de Deus
- Anjo Miguel: Quem como Deus

DANIEL - Cap. 10 ver. 11 a 14 e 21
11 E me disse: Daniel, homem mui desejado, está atento às palavras que te vou dizer, e levanta-te sobre os teus pés; porque eis que te sou enviado. E, falando ele comigo esta palavra, eu estava tremendo.
12 Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia, em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras, e eu vim por causa das tuas palavras.
13 Mas o príncipe do reino da Pérsia se pôs defronte de mim vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia.
14 Agora vim, para fazer-te entender o que há de acontecer ao teu povo nos derradeiros dias; porque a visão é ainda para muitos dias.

21 Mas eu te declararei o que está escrito na escritura da verdade; e ninguém há que se esforce comigo contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe.


Miguel = Hebraico "Alguém como Deus?" Segundo o Dicionário Bíblico Wycliffe (editado por Charles F. Pfeiffer, Howard F. Vos, John Rea das publicações Hendrickon 1999- pag.1114 - diz:"O arcanjo Miguel é mencionado pelo nome por Daniel. Ele é designado como um dos príncipes chefes(10:13) e como seu príncipe(10:21) e como o Grande príncipe(12:1).... Também é descrito como o que contende(batalha) contra Satanás....De acordo com alguns Doutores estudiosos protestantes, Miguel é identificado como a pré-encarnação de Cristo. Eles citam para justificativa a justaposição do "homem criança" e Miguel em Apoc. 12, como também os títulos que atribuem Miguel como "príncipe" no livro de Daniel."

DANIEL - Cap. 12 - vers. 1 e 2
1 E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro.
2- E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.

OBS: Estaria o profeta se referindo no versículo 1 a Jesus? Veja o que o anjo Gabriel (Herói de Deus) fala a Daniel no Cap. 10 vers. 21 " Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe". O anjo coloca Miquel na posição de príncipe de Daniel, o profeta.
Dentro desta mesma linha de pensamento, vamos observar - confirmando o que Daniel prevê na plenitude dos tempos sobre Miguel em I Tessalonicenses cap 4: 16 "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro." agora na figura de Jesus Cristo, após sua redenção e com galardão de Arcanjo inicia a fase derradeira dos tempos terrenos, para por os seus inimigos por escabelo de seus pés. Atos 2:35-36: "Até que ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés. Saiba pois com certeza toda a casa de Israel que a esse Jesus, quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo."
Vencida esta primeira etapa da batalha ideológica, peço a atenção para este texto de I Tessalonicenses 4: 13 a 15: "Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele, Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.". Paulo explica nestas poucas linhas que, quando se cumprisse o que Daniel previu no capítulo 12 vs. 1 e 2 lidos à cima, os mistérios começariam a ser revelados. Mas um plano não se sobreporia a outro, e apesar de Jesus ter libertado aqueles que dormiram no Senhor, antes da sua ressurreição, não precederiam aos que ficaram aqui na Terra para testemunho da sua palavra.
Paulo na sua carta aos Efésios tenta nos esclarecer à respeito dos mistérios de Deus e confirma a tese do plano cristão, afirma ele que em Cristo, tornaria a congregar todas as coisas ou todo o seu plano, mas isto acontece na dispenssação (segundo dic. Aurélio:...entre os protestantes, período de tempo no qual o indivíduo é experimentado quanto a sua obediência à alguma revelação especial da vontade de Deus.) Efésios cap. 1vs. 9 e 10 "Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra;"
Neste ponto já se pode entender a batalha travada tanto no campo espiritual, quanto no mundo material, na disputa das partes envolvidas em nosso planeta.

Acrescentamos também um trecho de um dos livros Apócrifos: O livro de Tobias. Onde realça a qualidade do Anjo Rafael, um dos sete que assistem a terra diante do Senhor.
Este exemplo mostra a forma como Deus cuida daqueles que Nele crêem. Toda oração feita em justa causa, provida de fé, é ouvida por Deus, que, através dos seus sete anjos que rodeiam e guardam a terra, atendem e cumprem suas missões. Nesse caso, Tobias passava por um momento de duras provas, e seus entes queridos estavam morrendo, pois uma peste assolava aquela região, e o anjo Rafael mandado por Deus vem em seu auxílio - esclarece a Tobias o que estava acontecendo e o orienta:

Vocabulário :
Anjo Rafael = "Deus cura ".

Livro de Tobias, 12: 6 a 22

6 Então ele falou-lhes assim em segredo: Bendizei o Deus do céu e dai-lhe gloria diante de todos os viventes, por ter usado convosco da sua misericórdia. 7 Porque é bom conservar escondido o segredo do rei, mas é coisa louvável manifestar e publicar as obras de Deus. 8 É boa a oração acompanhada de jejum, e dar esmolas vale mais do que juntar tesouros de ouro; 9 porque a esmola livra da morte, é a que apaga os pecados e faz encontrar a misericórdia e a vida eterna. 10 Mas os que cometem pecado e iniqüidade, são inimigos das suas almas. 11 Eu, pois, vou descobrir-vos a verdade e não vos ocultarei o que está em segredo. 12 Quando tu oravas com lagrimas, enterravas os mortos, deixavas o teu jantar, escondias os mortos em tua casa de dia e os enterravas de noite, eu apresentei as tuas orações ao Senhor. 13 E, porque eras aceito a Deus, por isso foi necessário que a tentação te provasse. 14 Agora o Senhor enviou-me a curar-te e a livrar do demônio a Sara, mulher de teu filho. 15 Porque eu sou o Anjo Rafael, um dos sete que assistimos diante do Senhor. 16 Ao ouvir estas palavras, turbaram-se e tremendo caíram com o rosto em terra. 17 O anjo disse-lhes: A paz seja convosco não temais. 18 Porque, quando eu o estava convosco, o estava por vontade de Deus; bendizei-o e cantai-lhe louvores. 19 Parecia que eu comia e bebia; mas eu sustento-me dum manjar invisível, duma bebida a qual não pode ser vista pelos homens. 20 É, pois, tempo que eu volte para aquele que me enviou; vós porém bendizei a Deus e cantai todas as suas maravilhas. 21 E, tendo dito estas palavras, desapareceu de diante deles, os quais não o puderam ver mais, 22 Então, prostaran-se com o rosto por terra, durante três horas bendisseram a Deus; e, erguendo-se, publicaram todas as suas maravilhas.

Obs: O livro de Tobias foi escrito em hebraico ou aramaico. Encontrou-se fragmentos em ambas as línguas, nas grutas próximas do Mar Morto. São Jerônimo verteu-o para o latim, servindo-se de uma redação aramaica e assim foi inserido na Vulgata. A versão Grega dos LXX deriva do texto original seguindo outra via: Dessas duas fontes, a Grega e a Latina, surgiram todas as outras versões chegadas até nós. ( Edições Paulinas - Padre Mattos Soares ).


II EPÍSTOLA SÃO PEDRO - Cap. 2 vers. 3 a 12
3 E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
4 Porque se Deus não perdoou aos Anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o Juízo;
5 E não perdoou ao Mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da Justiça, mas com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o Mundo dos ímpios;
6 E condenou à subversão as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente;
7 E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis;
8 Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, pelo que via e ouvia sobre as suas obras injustas.
9 Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo para serem castigados;
10 Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscência de imundícia, e desprezam as dominações; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades;
11 Enquanto os Anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor
12 Mas estes, como animais irracionais que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção.

Analisando o versículo quatro, o texto parece muito forte. Pois claramente o Apostolo está falando do nosso planeta ao se referir ao inferno. Ora, sabe-se que o ser humano está aguardando um Juízo por todos os seus atos ou pelo pecado original. Se a origem da alma é no Universo, o pecado advém desta discórdia criada lá no Universo, como cita o texto acima. Por isso mesmo, é difícil admitir que o pecado original veio por Adão e Eva. Por outro lado, a humanidade tomou conhecimento do pecado original e dos pecados terrenos, através do relato sobre o profeta Adão e as leis através de Moisés, onde fica claro até os dias de hoje que, aquele que for justo,"à custo será salvo, quanto mais àqueles que pecarem contra o Senhor, que será deles???"( I S. Pedro -cap. 4 - vers.18 )

Continuando na II Epistola de São Pedro , no cap. 2 vers. 10-11-12 Vê-se a ligação, advertência e comparação que é feita dos anjos que guardam a Terra e relatam a Deus o que se passa nela, afirmado no versículo 11. Afirmando que sendo maiores em poder e força, nem por isso eles as usam contra os seres humanos que habitam a Terra que vieram para um plano inferior, nem pela sua condição hierárquica que observam em outra dimensão, não fazem juízo contra os humanos que blasfemam contra Deus, mas se reservam para proteger os justos; e deixam para o grande dia o julgamento dos injustos. Essa fusão de Anjo e Humanos parece um tanto confusa e surpreende, pelo impacto que ela causa nos sentidos, reflexos e raciocínio limitado que têm o ser humano. Mas, no desenrolar destas leituras, passará a ser normal o raciocínio de que os seres viventes estão presos em um tempo, ou seja: dentro da atmosfera da Terra, limitados através do oxigênio desta.
São Judas escreveu uma carta de apenas um capítulo, mas todos os livros escritos na Bíblia se inserem dentro destas poucas linhas. E à cada frase, trás uma revelação surpreendente como neste versículo que por si só, fala tudo. Quem está em juízo aqui na terra? Quem está em trevas e precisa ganhar a vida eterna? E será julgado após cumprido seu tempo? Ora! Não seremos nós, os terrenos? Desde o princípio Deus mandou os profetas, os apóstolos e o Messias, para redimir nossos caminhos e voltarmos para nossas habitações celestiais, ou trevas para sempre, como o apóstolo São Judas menciona abaixo; ( que não se trata do Judas Escariótes que traiu Jesus,) mas digo, trata-se de Judas Tadeu irmão de Tiago.

SÃO JUDAS - Cap. 1 vers. 6
6 - E aos Anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, os reservou na escuridão e em prisões eternas, até ao juízo daquele Grande Dia.

Ao lermos S.Judas fica mais fácil de entendermos o que se passou lá em Gênesis cap.6 ver. 2 e 4, onde percebemos que através da família escolhida por Deus aqui na Terra (de Adão e Eva), ouve uma fusão das duas classes de anjos onde, iniciando-se o primeiro plano cristão sendo Adão o primeiro profeta que veremos mais adiante. Porém antes leremos a carta de Paulo aos Hebreus cap.11 vs. 13 a 15 que deixa bem claro que nós os seres humanos, estamos vindo de uma longa jornada após o rebaixamento lá no princípio como homens comuns, no sentido de coletividade, e embrenhados através do relacionamento das duas legiões de anjos - anjos bons e anjos que se rebelaram:

HEBREUS 11: 13 a 15
"13 Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra.
14 Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria.
15 E se, na verdade, se lembrassem daquela donde haviam saído, teriam oportunidade de tornar."

GÊNESIS - Cap. 6 vers. 2 a 4
2 Viram os filhos de Deus que as filhas dos Homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.
3 Então disse o Senhor: Não contenderá o meu espírito para sempre com o homem; Porque ele também é carne: Porém os seus dias serão 120 anos.
4 Havia naqueles dias gigantes na Terra; e também depois, quando os Filhos de Deus entraram às Filhas dos Homens, e delas geraram Filhos: estes eram os valentes que houve na antiguidade, os varões de fama.

Este texto apresenta a plena idéia de como se deu o entrosamento das duas categorias de Anjos. Primeiramente os Anjos que se revoltaram no Universo, trazidos para o plano terreno. Através de uma formação química e biológica, surgiram os primeiros povos e raças humanas. E uma segunda legião, os chamados filhos de Deus ou fiéis, que vieram da linhagem de Adão, o primeiro Profeta. E foram introduzidos através do nascimento da união das filhas dos homens com os filhos de Deus. Porém o próprio texto diz que "O Espírito de Deus não contenderá para sempre " mas terá um tempo determinado, onde se fará o grande Juízo.

AOS HEBREUS - Cap. 13 vers. 2

2 - Não vos esqueçais da Hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram Anjos.

É muito importante ponderar a questão, pois há duas legiões de anjos e, sem dúvida nenhuma, o apóstolo está falando dos Anjos bons enviados de Deus.

AOS EFÉSIOS - Cap. 6 vers. 10 a 16
10 No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do Diabo.
12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
13 Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau, e, havendo feito isto tudo, ficar firme.
14 Estais pois firmes, tendo cingido os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da Justiça;
15 E calçados os pés na preparação do Evangelho da paz;
16 Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.

Nesta passagem de Paulo, há uma confirmação onde ele explica o complexo da contenda em que vive o ser humano, que está constantemente sendo atacado por "principados e potestades" do mal (invisíveis aos nossos olhos) e nos indica a origem da contenda dos anjos que se rebelaram; ficando claro no final do verso 12 onde ele menciona que as "hostes espirituais da maldade" vieram dos lugares celestiais; e não tem a sua origem no plano terreno e sim em algum lugar do universo, resultando no pecado original. Inicia-se assim uma batalha ideológica onde o Senhor Deus envia os seus comandados para combater novamente, mas esta contenda seria diferente, "nem por força nem por violência, mas pelo meu espírito" Zc. 4:6-9. Paulo no início da carta aos Efésios cap. 1 vrs.3, 4 e 5 - 10,11 e 12 diz:
"3 Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;
4 Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em caridade;
5 E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,.......................
10 De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra;
11 Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade
12 Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que primeiro esperamos em Cristo;"
Paulo também explica as razões das tentações, que nos levam muitas vezes a não entender o porque de tanta angustia e sofrimento aparentemente injustos.

O exemplo desta contenda em uma esfera superior nós veremos à seguir, quando os anjos vão prestar contas a Deus do que se passa na terra e, junto com os Anjos Maiores, vai também um anjo revoltoso com todo o direito de reclamar os seus "direitos" sobre o domínio da Terra e seus habitantes na contenda.
Examinemos estas três passagens de Jó:

JÓ - Cap. 1 - vers. 6 a 12
6 E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles.
7 Então o Senhor disse à Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, e disse: De rodear a Terra, e passear por ela.
8 E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele; Homem sincero e reto, temente a Deus, e desviando-se do mal.
9 Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura teme Jó a Deus debalde? (inutilmente).
10 Porventura não o cercaste Tu de bens a ele, e sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado está aumentando na Terra.
11 Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema de Ti na tua face!
12 E disse o Senhor à Satanás: Eis que tudo quanto tem está na tua mão, somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor.

JÓ - Cap. 2 - vers. 1 a 10
1 E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor.
2 Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E respondeu Satanás ao Senhor, e disse: De rodear a Terra e passear por ela.
3 E disse o Senhor a Satanás: Observaste meu servo Jó? Porque ninguém há na Terra semelhante a ele, homem sincero e reto, temente a Deus, desviando-se do mal e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa.
4 Então Satanás respondeu ao Senhor, e disse: Pele por pele, e tudo quanto o Homem tem dará pela sua vida.
5 Estende, porém, a tua mão, e toca-lhe nos ossos, e na carne e verás se não blasfema de Ti na tua face!
6 E disse o Senhor a Satanás: Eis que ele está na tua mão; poupa porém a sua vida.
7 Então saiu Satanás da presença do Senhor, e feriu a Jó duma chaga maligna, desde a planta do pé ao alto da cabeça.
8 E Jó, tomando um pedaço de telha para raspar com ele as feridas, assentou-se no meio da cinza.
9 Então sua mulher lhe disse: ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre.
10 Mas ele lhe disse: Como fala qualquer doida, assim falas tu; Recebemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com seus lábios.

JÓ - Cap. 42 vers. 10
Jó humilha-se perante Deus e dá-lhe Glória - Deus confere a Jó o dobro da prosperidade que antes tinha.
10 - E o Senhor virou o cativeiro de Jó,quando orava pelos seus amigos; e o Senhor acrescentou a Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía.
Como pudemos ver nestas passagens bíblicas, estamos sempre sendo tentados. Mesmo Jó, sendo um homem justo aos olhos de Deus, não ficou livre das tentações, pois da mesma forma que os anjos bons tem um líder como lemos em Daniel, os anjos caídos também têm seu líder, Satanás. E Este tem por objetivo, destruir todos os que tentam volta-se a Deus, como acabamos de ler nesta passagem de Jó.

Podemos sintetizar este capítulo com esta passagem de Oséias:

OSÉIAS - Cap. 4 vers. 1 a 2
1 - Ouvi a palavra do Senhor, vós, filhos de Israel, porque o Senhor tem uma contenda com os habitantes da Terra, porque não há verdade, nem benignidade, nem ciencia de Deus na Terra.
2 - Só prevalecem o perjurar, e o mentir, e o matar, e o furtar, e o adulterar, e há homicídios sobre homicídios.


Creio que este capítulo terceiro, por si só é conclusivo, em razão do objetivo da criação dos seres terrenos, e se nós observarmos à nossa volta a corrupção, o adultério, o mentir, roubar e matar prevalecem até hoje em nosso dia a dia. Com muita dificuldade a sociedade organizada vai superando o impulso da índole maldosa do ser humano na esperança de melhora-la.
Não tenho dúvidas de que só as forças Divinas, através da aplicação do conhecimento de suas Leis por cada indivíduo e a leitura das Escrituras Sagradas , trarão à tona a dura realidade do estado de espírito em que se encontra a humanidade . Somente desta maneira poderemos atingir a plenitude e recuperação de nossas almas a fim de termos paz e tranqüilidade ao voltarmos à nossa

 

Capítulo 4

Copyright © 2008, www.embuscadaverdade.com.br. All rights reserved.
Webmaster : J.E.S.